Pesquisar

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Quaresma não jogou contra a Udinese


«O Inter Milão, com José Mourinho no banco, foi até Udine vencer por 3-2, num jogo onde teve de suar para levar de vencida a Udinese. Já no último minuto de descontos, a equipa da casa atirou à barra e quase gelava o técnico português. Antes, Pepe e Di Natale marcaram para a Udinese, com Balotelli, Maicon e Milito a responderem.» Quaresma não saiu do banco dos suplentes.

Quaresma fora dos convocados para o Amigável com a China

Queirós não chamou Ricardo Quaresma para o encontro de preparação para o Campeonato do Mundo África do Sul 2010, que a Selecção Nacional vai disputar no dia 3 de Março, pelas 20h15, diante da China, no Estádio Cidade de Coimbra.

Filha de Quaresma vai chamar-se Ariana

Uum bocado da vida social de Quaresma:

«Ricardo Quaresma, de 26 anos, está prestes a realizar um dos seus maiores sonhos, ser pai. Com a primeira ecografia chegou a pensar-se que nasceria um menino mas, afinal, o jogador do Inter de Milão vai ter uma filha. 'Ele está muito feliz porque queria muito ser pai, independentemente do sexo do bebé', revelou uma amiga do jogador.

A namorada do futebolista, Cátia Costa, ficou incumbida de decidir o nome. 'Se fosse um menino, o Quaresma é que ia escolher o nome. Como é uma menina, foi a Cátia quem decidiu', adianta a mesma fonte. 'Ela escolheu Ariana e ele concordou. Se fosse um menino seria Martim.'

Apesar da distância, o casal tem vivido intensamente esta fase e já está a preparar tudo para a chegada de Ariana. A família de ambos encarregou-se de comprar as primeiras roupas.

Com a possibilidade de jogar em Portugal excluída, Ricardo Quaresma vai ter de manter-se em Itália pelo menos até ao final de Maio e terá de assistir de longe aos primeiros meses de vida da filha. 'Sempre que ele puder vem a Portugal vê-las. Vai ser complicado para os dois mas não há nada a fazer', acrescenta a nossa fonte. Recorde-se que o contrato do jogador com o Inter de Milão só termina em Junho de 2013.

O casal namora há dois anos e tem conseguido resistir à distância. 'Eles gostam muito um do outro e a Cátia respeita a profissão dele. No Verão vão tentar compensar esta ausência', adianta uma amiga do extremo.»

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Quaresma não jogou contra o Chelsea



Quaresma não participou na vitória do Inter sobre o Chelsea por 2-1, jogo a contar para os oitavos-de-final da liga dos campeões.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Quaresma não jogou contra a Sampdória



«Oito anos sem perder em casa. É esta a marca impressionante que José Mourinho acaba de garantir, com o nulo frente à Sampdoria. O resultado até nem seria muito positivo, se o técnico português não tivesse ficado reduzido a nove elementos ainda antes do intervalo. Uma condicionante que dá um sabor doce ao empate, e que fez com que a equipa da casa abandonasse o relvado sob aplausos.

O Inter começou por ficar privado de Walter Samuel, à passagem da meia-hora. O central argentino atingiu Pozzi com o braço/cotovelo, à entrada da área, e viu cartão vermelho directo. Na cobrança do livre, Ivan Cordoba viu um cartão amarelo, por sair da barreira antes do tempo. Pouco depois cometeu nova infracção, e foi para o banho mais cedo (38m).

Com a equipa muito condicionada, José Mourinho procurou, acima de tudo, segurar um ponto. Só na recta final do encontro o Inter arriscou mais: Pazzini foi expulso aos 73 minutos, e a balança ficou menos desequilibrada, mas o nulo manteve-se. Ricardo Quaresma não saiu do banco de suplentes.»

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Ricardo Quaresma não jogou contra o Nápoles



«O Inter sofreu até ao fim na visita a Nápoles mas regressa a Milão com 1 ponto após um empate (0-0) que acaba por ser lisonjeiro para a formação comandada por José Mourinho.

A turma da casa dominou a partida que encerrou a 24.ª jornada da Série A, desperdiçou inúmeras oportunidades - atirou mesmo duas bolas à trave da baliza de Júlio César - mas não conseguiu marcar. Nos "nerazzurri", Ricardo Quaresma não saiu do banco de suplentes

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Carvalhal disse não a Quaresma



«O internacional português Ricardo Quaresma esteve mesmo com um pé no Sporting este defeso, num negócio que envolvia o empréstimo de Miguel Veloso ao Inter Milão de José Mourinho. Tratava-se de uma troca pura e simples até ao final da época, em que o gigante italiano assumia os salários do jovem médio leonino e ainda uma parte de leão do extremo emprestado.


O negócio, que inclusive levou ao envolvimento pessoal de Mourinho para convencer o presidente interista, Massimo Moratti, algo renitente de início, foi travado pelo atual treinador, Carlos Carvalhal, que preferiu manter Miguel Veloso em Alvalade ao regresso do extremo formado nas escolas do clube.

O dossier Quaresma-Veloso foi negociado pessoalmente por José Eduardo Bettencourt e pelo empresário Jorge Mendes e previa o empréstimo do médio sportinguista até final da época, com uma opção de compra cifrada em 20 milhões de euros. O valor fica, recorde-se, 10 milhões abaixo da cláusula de 30 assinada por jogador e clube mas hoje uma cifra considerada mais do que suficiente pelo presidente leonino.

Entusiasmo

A contratação de Quaresma era entendida pelo presidente como importante do ponto de vista futebolístico, uma vez que via no craque do Inter um jogador capaz de desequilibrar como poucos no atual plantel, mas a sua aquisição visava mais do que isso. Numa altura em que os leões se debatem com problemas de militância e de ausência de jogadores referência, Quaresma marcava o investimento no regresso de um filho pródigo, capaz de mobilizar multidões e de mexer com o marketing e merchandising leonino, desesperadamente à espera de nomes sonantes para aumentar o volume de negócio.

Confrontado com a posição de Carvalhal, no entanto, Bettencourt preferiu fazer a vontade ao treinador, que vê em Miguel Veloso um jogador determinante na manobra a meio-campo de que nem as características ofensivas de Quaresma o levaram a abdicar.

Resta saber se o recente abaixamento de forma de Veloso, registado desde a derrota em Braga, que ditou o afastamento definitivo dos leões do campeonato, poderá estar relacionado com o abortar deste negócio.»

Quaresma não jogou contra o Parma



Quaresma não jogou no empate do Inter em Parma

«O Inter, de José Mourinho, empatou quarta-feira com o Parma (1-1), num jogo em atraso da 22.ª jornada. Os "ducali" entraram a vencer no jogo com o golo de Bojinov (55'). José Mourinho lançou então Mario Balotelli, e nem um minuto havia passado, e já o "patinho feio" empatava a partida (58'). De destacar as fantásticas paradas de António Mirante na baliza do Parma.»

Fonte

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Quaresma não jogou contra o Cagliari



Quaresma não jogou na vitória do Inter sobre o Caglari. A equipa treinada por Moutinho ganhou por 3-0, golos de Pandev, Samuel e Milito.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Quaresma não jogou contra a Fiorentina



«Um golo de Milito garantiu ao Inter de Milão a vitória sobre a Fiorentina, na primeira mão das meias-finais da Taça de Itália.

A equipa de José Mourinho, com Quaresma no banco e com o reforço de inverno Mariga a entrar no final da partida, colocou-se em vantagem ainda na primeira parte (35'), pelo internacional argentino, após assistência de Balotelli. Um lance contestado pelos viola, que estrearam o ex-portista Bolatti, por alegada falta sobre Natali.

Esta quinta-feira, jogam Roma e Udinese, na outra partida das meias finais da Taça de Itália.

A segunda mão está agendada para 14 de Abril, algo que, recorde-se, gerou forte contestação de José Mourinho»

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Quaresma fica no Inter até o final da Temporada



Acabou o mercado de Inverno e Quaresma continua no Inter até o final da temporada. Vários clubes mostraram-se interessados no empréstimo de Quaresma, incluindo clubes portugueses, nomeadamente o Sporting. Quaresma podia ter ingressado no Rangers à última hora, mas o português recusou a ida para o clube escocês.