Pesquisar

terça-feira, 27 de março de 2012

segunda-feira, 26 de março de 2012

Besiktas assegura o "play-off"

A igualdade no terreno do nono do campeonato, em jogo da 32.ª e antepenúltima jornada, garantiu à formação do técnico português Carlos Carvalhal um lugar nos primeiros quatro classificados da prova e a possibilidade de lutar por um lugar na “Champions” da próxima temporada. O encontro também ficou marcado pelo regresso aos relvados do extremo luso Bebé, que está no Besiktas por empréstimo do Manchester United, após uma paragem de oito meses devido a lesão. Depois de Inanc (seis minutos) ter dado vantagem ao IstambulBB, Manuel Fernandes refez a igualdade, aos 36, e Pektemek colocou o Besiktas na frente, aos 49, com assistência de Simão Sabrosa. Visca ainda voltou a empatar, aos 70 minutos, mas este resultado acaba por ser suficiente para o Besiktas assegurar o “play-off”. Hugo Almeida, Ricardo Quaresma e Júlio Alves não estiveram nos eleitos de Carlos Carvalhal, enquanto Bebé estreou-se este temporada ao entrar em campo aos 76 minutos para o lugar de Pektemek.

sábado, 24 de março de 2012

quinta-feira, 22 de março de 2012

Besiktas eliminado da Taça Turca por equipa da Segunda Divisão

O Besiktas, treinado pelo português Carlos Carvalhal, foi eliminado nos oitavos de final da Taça da Turquia, na qual defendia o troféu, ao perder por 1-0 no estádio do Boluspor, equipa do segundo escalão. Um golo marcado por Ferhat Kiraz aos 77 minutos ditou o afastamento da prova da equipa de Istambul, pela qual os internacionais portugueses Manuel Fernandes, Quaresma e Simão foram totalistas. O Besiktas, quarto classificado no campeonato turco, ficou impedido de defender o título conquistado na época passada frente a um adversário que ocupa o sexto lugar na segunda divisão

terça-feira, 20 de março de 2012

Quaresma vs Manisaspor



Entrevista depois do jogo:

segunda-feira, 19 de março de 2012

Quaresma bisa na goleada do Besiktas sobre o Manisaspor



Regresso de sonho para Ricardo Quaresma no Besiktas. O extremo português, que esteve afastado da equipa depois de um desentendimento com Carlos Carvalhal no Atlético Madrid-Besiktas, voltou à equipa e bisou na vitória por 4-1 diante Manisaspor, da 31.ª jornada da Liga turca. Com Simão, Manuel Fernandes e Hugo Almeida na equipa titular, o Besiktas chegou ao descanso a vencer por 1-0, graças a um golo de Hugo Almeida, aos 18'. Com o resultado perigoso, Carvalhal lançou Quaresma aos 59' e o Mustang respondeu rapidamente à chamada. Nem um minuto depois, RQ7 aproveitou um passe de Simão para ampliar a contagem. Mas o melhor veio aos 65'... O extremo português pegou na bola na direita, levou tudo à sua frente e disparou uma bomba, que só parou no fundo da baliza de Avcibay. Minutos depois, um problema na iluminação do estádio obrigou à interrupção do encontro, situação que levou a claque do Besiktas a gritar o nome de Quaresma e Carvalhal, mostrando que os portugueses são mesmo os grandes protagonistas deste clube. Antes do final, ainda houve tempo para Manuel Fernandes conseguir o golo da noite, depois de uma brilhante iniciativa pela esquerda, onde ultrapassou três adversários e rematou fortíssimo de fora da área, aos 90'. O Manisapor ainda conseguiria reduzir, aos 90'+7, com um grande golo de Cokmus. O Besiktas reassume o 3.º posto, com 53 pontos, os mesmos que o Trabzonspor, e já a 17 do líder Galatasaray.

sábado, 17 de março de 2012

Quaresma arrependido: «A culpa é minha»



Ricardo Quaresma faz ‘mea culpa’ e retrata-se pela atitude que protagonizou no intervalo do jogo da Liga Europa entre o Besiktas e o Atlético Madrid, no Vicente Calderón. Internacional português garante que não deixa o clube turco enquanto não for campeão. Quaresma, recorde-se, não gostou de ser substituído por Carlos Carvalhal e demonstrou no balneário a sua insatisfação pela opção do treinador, que, entretanto, decidiu afastá-lo da equipa. Em entrevista ao canal de televisão do Besiktas, o jogador, que pediu desculpa a Carvalhal e aos colegas de equipa, admite que errou e nega que alguma vez tenha pedido para deixar o clube. «Tive um problema no intervalo do jogo em Madrid. Assumo que errei. Era algo que não tinha de acontecer. Não gosto de perder e dou tudo pelo clube. Estava-me a sentir envergonhado, estava a fazer um jogo horrível. Queria ajudar a equipa e, de um momento para o outro, tiraram-me do campo», recorda o extremo, desmentindo os rumores veiculados pela Imprensa turca, segundo as quais teria pedido para abandonar o emblema de Istambul. «É tudo mentira. Nunca disse que me queria ir embora. É aqui que me sinto feliz e é aqui que quero continuar. Amo jogar neste clube e ter os adeptos no estádio a apoiarem-me, e à equipa. Gosto de sentir o carinho dos adeptos e vou continuar a dar tudo por este clube, pois eles merecem. São os melhores adeptos do mundo e garanto que vou deixar tudo em campo», promete. Quaresma diz que «o importante agora é ganhar os jogos que faltam para terminar o campeonato pelo menos no segundo lugar». O português aponta, também, à conquista da Taça da Turquia: «Infelizmente, é a única coisa que nos resta» Para dissipar qualquer dúvida sobre o seu futuro em Istambul, o internacional português deixa a garantia: «Não quero deixar este clube sem ser campeão»..

sexta-feira, 16 de março de 2012

Besiktas eliminado da Liga Europa

A equipa de Carlos Carvalhal, com três portugueses no onze: Manuel Fernandes, Simão Sabrosa e Hugo Almeida, não teve ideias para contrariar os espanhóis, não conseguindo sequer criar oportunidades de golo. Os espanhóis inauguraram o marcador aos 27 minutos, por intermédio de Adrián López, que aproveitou as facilidades defensivas para ultrapassar Gonen. Até ao intervalo assistiu-se a um jogo morno, com os calchoneros a limitarem-se a gerir a posse de bola e os águias negras sem argumentos para contrariar isso. Na segunda parte assistiu-se a mais do mesmo, com o Besiktas a não conseguir encontrar o caminho para a baliza do adversário. O jogo ficou sentenciado com o segundo golo. O guardião Gonen esqueceu-se de saltar e viu Falcao, de cabeça, marcar. A partir daqui foi esperar que o tempo passasse. No último minuto do período de descontos, a passe do colombiano Falcao, Salvio, antigo jogador do Benfica, fechou a contagem. O Besiktas despede-se da Liga Europa e o At. Madrid aguarda pelo sorteio dos quartos-de-final, agendado para amanhã, ao meio dia. Recorde-se que no jogo da primeira mão o At. Madrid ganhou por 3-1.

terça-feira, 13 de março de 2012

Carvalhal emite comunicado sobre o caso Quaresma


Carlos Carvalhal, treinador do Besiktas, emitiu esta terça-feira um comunicado no qual se refere abertamente à situação que envolve Ricardo Quaresma.

O internacional português não gostou de ter sido substituído ao intervalo do jogo com o Atlético de Madrid, na semana passada, quando estava a realizar uma exibição muito pobre, e teve uma reação imprópria a manifestar profundo descontentamento pela decisão técnica. Perante fatos que considerou graves, Carvalhal decidiu afastá-lo da equipa, desmentindo, por outro lado, ter equacionado abandonar o clube turco face a esta polémica.

O comunicado:

1 – Desminto totalmente as afirmações que vieram a público ontem;

2- Quaresma, depois de um ato de indisciplina grave, não está na equipa por decisão minha;

3 – Em algum momento admiti abandonar o clube por essa razão. Antes pelo contrário. A minha vontade de continuar a ganhar é igual à do mais apaixonado adepto do Besiktas;

4 – As palavras «nunca mais» não fazem parte do meu vocabulário. Uma coisa é o Quaresma grande jogador, outra coisa é a organização e a disciplina que considero fundamentais no trabalho;

5 – O mais importante nesta altura é ganhar ao Atlético de Madrid, fazer história e colocar o Besiktas junto das melhores equipas da Europa. Para isso, conto com os adeptos na quinta-feira, no Estádio Inonu.

"Tu não vales nada" e "se não fosse por mim tu não estarias aqui", terão sido as duras críticas endereçadas por Ricardo Quaresma a Carlos Carvalhal, treinador do Besiktas, de acordo com o site "goal.com".

Carlos Carvalhal e Quaresma entraram em confronto no intervalo da partida entre o Atlético de Madrid e o Besiktas (que os turcos perderam por 1-3), para a Liga Europa, quando o técnico anunciou que ia substituir o internacional português, que estava a fazer uma exibição pobre. A discussão terá subido de tom e, após o regresso à Turquia, Carlos Carvalhal colocou Quaresma a treinar sozinho, afastado da restante equipa.

Este fim de semana, para o jogo com o Orduspor (1-1), o treinador não convocou Quaresma e não quis falar sobre o assunto na conferência de imprensa após a partida.

"Quaresma não jogará enquanto eu estiver no clube e esta situação não pode continuar"


Contudo, de acordo com a agência de notícias turca "Dogan", Carlos Carvalhal terá confessado que o cenário mais provável é a sua saída. "Depois do incidente com o Quaresma, é impossível dar-lhe outra oportunidade para vestir a camisola do clube. O Quaresma não jogará enquanto eu estiver no clube e esta situação não pode continuar", disse o técnico português.

O Besiktas escolherá uma nova direção a 25 de março, pelo que Carlos Carvalhal não vê solução para o imbróglio atual. Ou sai o treinador ou sai o jogador, mas Quaresma é adorado pelos adeptos turcos...

"Acho que a primeira coisa que o novo presidente e a direção devem fazer é terminar o meu contrato, porque será mais fácil rescindir o meu do que o do Quaresma. O custo da rescisão do contrato do Quaresma seria enorme, e desta forma, provavelmente vou sair do Besiktas", admitiu Carlos Carvalhal, citado pela "Dogan".

domingo, 11 de março de 2012

Besiktas empata com Orduspor sem Quaresma

O Besiktas, depois da derrota na Liga Europa, diante do At. Madrid (1-3), voltou a marcar passo na liga turca e não foi além de um empate na visita ao terreno do Orduspor (1-1), em jogo da 30º jornada. Simão e Manuel Fernandes foram titulares, Júlio Alves ficou no banco, enquanto Ricardo Quaresma, depois do desentendimento com Carvalhal, no jogo com os «colchoneros», nem foi convocado. A equipa da casa ganhou vantagem mesmo em cima do intervalo, com um golo do romeno Stancu, enquanto a equipa de Istambul empatou aos 71 minutos com um golo do brasileiro Edú que tinha entrado ao intervalo a render o eslovaco Holosko. Com este empate, o Besiktas volta a perder terreno para os rivais Galatasaray (+ 19 pontos) e Fenerbahçe (+10) e arrisca-se mesmo a perder o terceiro lugar para o Trabzonspor que, com apenas menos um ponto, recebe o Sivasspor esta segunda-feira.

sábado, 10 de março de 2012

Quaresma Suspenso? Época em Risco :(

Ricardo Quaresma vive dias complicados no Besiktas. O extremo português não gostou que Carlos Carvalhal o substituísse ao intervalo do encontro com o Atlético de Madrid, numa altura em que os turcos perdiam já por 0-3 e depois de 45 minutos muito pobres por parte de Ricardo Quaresma. O jogador demonstrou no balneário a sua insatisfação pela decisão do treinador, à frente de todo o grupo, e Carlos Carvalhal decidiu punir disciplinarmente o extremo em virtude das suas ações. Não é verdade que o técnico tenha dito que para ele o jogador não conta mais, como a imprensa turca diz, mas Carvalhal não deixará de ter mão pesada.
Para já, e como primeira medida, Carvalhal deixou Ricardo Quaresma de fora dos convocados para o encontro de amanhã, diante do Orduspor. E neste momento é quase certo que o jogador português fique também fora do onze que na quinta-feira defrontará o At. Madrid, em jogo da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa. Sem presidente e sem Direção, o que significa que não há forma de punir o jogador em instâncias superiores, este é um tema que Carlos Carvalhal terá de gerir sozinho, sabendo desde já que não tem grande margem de manobra. Primeiro porque a atitude de Ricardo Quaresma no intervalo do encontro com os espanhóis (a equipa reagiu depois da sua substituição, reduziu para 1-3 e podia mesmo ter marcado o segundo golo) não caiu nada bem entre o grupo de trabalho. Depois porque o comportamento menos correto do jogador dirigiu-se ao treinador, que sempre protegeu Ricardo Quaresma desde que chegou ao Besiktas, por entender (como já referiu publicamente por diversas vezes) que é o jogador mais talentoso do plantel e do futebol turco. Mas perante os últimos acontecimentos, e para não sair enfraquecido junto do grupo, Carvalhal não tem também muita margem de manobra. O futuro vai depender, é claro, da forma como Ricardo Quaresma reagir nos próximos dias...


A imprensa turca revela que houve uma forte discussão entre o treinador do Besiktas e Ricardo Quaresma, após o extremo ter sido substituído ao intervalo no encontro frente ao Atlético Madrid. A relação entre os dois nunca foi a melhor visto que Quaresma estava descontente por, em algumas ocasiões, ser utilizado a avançado centro. O português de 28 anos não foi convocado para o jogo frente ao Orduspor e já se especula que não voltará a vestir a camisola dos turcos até ao Verão, altura em que muito provavelmente será transferido. Poderá estar o Euro 2012 em risco?

Quaresma vs Atlético de Madrid

quinta-feira, 8 de março de 2012

Besiktas perde com Atlético de Madrid 3-1


Ricardo Quaresma, Manuel Fernandes e Simão Sabrosa foram titulares no Besiktas. No entanto, seria o ex-benfiquista Salvio a dar primeiro nas vistas. O argentino começou por perder uma oportunidade escandalosa, com a baliza aberta. Acertou mal na bola, mas redimiu-se depois, com dois golos. No primeiro, isolou-se a passe de Koke e fez um chapéu a Gonen, ao estilo de Messi. No segundo, de novo a passe de Koke, bateu o guarda-redes por baixo, passados apenas trÊs minutos do 1-0 (aos 24m). Aos 37 minutos, Adrián pegou na bola a meio-campo e correu até à área do Besiktas. O avançado não deu a bola a ninguém, passou pelo meio da defesa turca e fez o terceiro. Um golaço do avançado. Após o intervalo, Ricardo Quaresma ficou no balneário, substituído por Köybasi e após uma exibição cinzenta. Ainda assim, Simão conseguiu reduzir. Após um canto, o extremo português do Besiktas atirou de primeira ao ângulo da baliza de Courtois. Marcou à antiga equipa, não festejou por isso mesmo, mas deu esperança à equipa de Carlos Carvalhal, que tem agora de virar a eliminatória em Istambul.

Liga Europa - Atlético de Madrid - Besiktas jogam hoje às 18:00

terça-feira, 6 de março de 2012

Artigo sobre Quaresma na revista TV7Dias desta Semana


Para quem tiver dificuldades em ler, copia o url da imagem e cole-o num novo separador/janela:

http://2.bp.blogspot.com/-zidjIQ88Too/T1aHuJxBAhI/AAAAAAAACHY/Q_esHMoNp5o/s1600/TV%2B7%2BDias%2B06-03-12%2B1.jpg

http://1.bp.blogspot.com/-C_W4-WPpeoE/T1aHucV7V3I/AAAAAAAACHg/i4G4TOm1awI/s1600/TV%2B7%2BDias%2B06-03-12%2B2.jpg

segunda-feira, 5 de março de 2012

Quaresma dá entrevista ao jornal espanhol Marca


http://www.marca.com/2012/03/05/futbol/futbol_internacional/1330965942.html

Ricardo Quaresma não quer terminar a temporada no Besiktas sem conquistar um troféu e, como campeonato está difícil, com catorze pontos de atraso para o Galatasaray, o internacional português aposta forte na Liga Europa depois de já ter deixado o Sp. Braga pelo caminho. Segue-se o At. Madrid, um clube que «não mete medo», mas sim «respeito» e que tem um jogador, Radamel Falcao, que «marca a diferença». O extremo do Besiktas, que chegou a estar com um pé no Atlético, quando deixou o Inter, começar por destacar o treinador dos «colchoneros». «[Diego) Simeone sabe ganhar, gosto muito dele. Capitaneou o Atlético na conquista da Liga e da Taça do Rei. É um técnico jovem e muito promissor. Além disso, foi um grande jogador que ganhou títulos e marcou uma época no At. Madrid», destacou o jogador numa entrevista ao jornal espanhol «Marca». Quando visitar Madrid, Quaresma vai reencontrar Tiago e Sílvio, antigos companheiros e selecção, além de Diego, com quem jogou no F.C. Porto, mas é outro jogador que o internacional português destaca no plantel de Simeone. «Têm jogadores de grande nível que todos conhecem, sobretudo na linha de ataque. Já joguei com alguns, como o Diego e o Tiago, mas, com o devido respeito, para mim há que está acima de todos e que marca a diferença: Radamel Falcao», contou. Apesar de todas as figuras, Quaresma garante que o Atlético não o assusta. «Medo? Não temos medo de ninguém. Respeitamos o Atlético, mas não temos medo», referiu. Sobre o melhor setor da equipa turca, o extremo destaca o coletivo e a motivação que estes jogos proporcionam. «Se há jogadores que motivam, este é um deles. Todos nós, defesas, médios e avançados queremos ganhar e fazer bons jogos», destacou. Além do plantel, o Besiktas vai contar com o apoio dos seus adeptos que, em Istambul, conseguem proporcionar um inferno aos adversários. «São os melhores adeptos do mundo, não tenho dúvidas em relação a isto. O ambiente no nosso estádio é absolutamente fantástico, há muitas equipas que teme jogar aqui por causa disso. Fazem de nós uma equipa fortíssima no nosso estádio e motivam-nos pela paixão que põem no futebol. Vir jogar aqui é realmente complicado. É a parte melhor de jogar no Besiktas», contou. O Vicente Calderón também tem um ambiente próprio, mas Quaresma nunca lá jogou. «Nunca cheguei a jogar. Fui lá uma vez quando estava no Barcelona, mas fiquei no banco e não cheguei a entrar. Será a minha estreia, se tudo correr bem. Sei que também se vive um ambiente fantástico. Vão ser dois jogos muito quentes», referiu. Uma longa entrevista que ainda teve espaço para as expetativas que Quaresma guarda para o Euro-2012. «Posso garantir que vamos deixar a pele em campo e dar tudo o que temos. Estamos no grupo mais difícil do Europeu, mas estamos preparados para os enfrentar. A verdade é que para ganhar vamos ter de jogar com todos e é mais fácil defrontar os mais fortes de início. Temos qualidade, talento, excelentes jogadores e vontade de fazer as coisas bem. Vamos demonstrar tudo isso», comentou ainda.

domingo, 4 de março de 2012

Besiktas perde em casas com Trabzonspor



O Besiktas somou a segunda derrota seguida neste domingo, na receção ao Trabzonspor, por 1-2, depois de estar a vencer e caiu para o quarto lugar da liga turca, decorridas 29 jornadas.
Hugo Almeida, aos 50 minutos, abriu o marcador(após assistência de Quaresma), mas Yilmaz (62m) e Colman (78m) assinaram a reviravolta. Além do avançado português, o treinador Carlos Carvalhal apostou de início nos compatriotas Manuel Fernandes e Ricardo Quaresma, enquanto Simão entrou na segunda parte, aos 70 minutos. Com este resultado, o Besiktas trocou de posição com o Trabzonspor e ocupa o último lugar de acesso ao «play-off» de apuramento de campeão, que será disputado entre os quatro primeiros. O Galatasaray lidera com 63 pontos (e menos um jogo) e o Fenerbahçe é segundo com 53. Seguem-se Trabzonspor e Besiktas, ambos com 49.

sábado, 3 de março de 2012

sexta-feira, 2 de março de 2012

Humor com "Quaresma" no "Café Central"

Comentam a noticia de Quaresma ser pai com humor no programa "Café Central" transmitido na RTP2:

Quaresma vs Galatasaray




Compilação do jogo do último fim de semana.