Pesquisar

sábado, 28 de dezembro de 2013

Ricardo Quaresma é integrado nos trabalhos dos dragões apenas no dia 1


O extremo internacional português só vai começar a trabalhar com os novos colegas no início do próximo ano, para que a equipa esteja totalmente concentrada no jogo contra o Sporting. Ricardo Quaresma já fez os exames médicos e tem estado a manter a forma com trabalho individualizado.
O internacional português que vai integrado no FC Porto a custo zero só irá treinar-se com a camisola dos dragões no dia 1. A integração de Quaresma poderia retirar o foco do jogo com o Sporting para a Taça da Liga e Paulo Fonseca quer evitar desconcentrações.
Contudo, Ricardo Quaresma já procedeu aos normais exames médicos e já esteve com o treinador de forma a trocar algumas ideias quanto ao seu futuro próximo. Recorde-se que o extremo esteve a jogar no Dubai até maio, altura em que se lesionou, e depois foi afastado do Ah-Ahli por alegada indisciplina.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Quaresma faz capa de hoje do Jornal "a Bola"



Holofotes a incidirem no regresso de Ricardo Quaresma ao FC Porto, extremo a contar as horas para vestir de novo a camisola do dragão e o tempo a esgotar-se como ele deseja, deverá tudo acontecer amanhã à tarde, sexta-feira, será o dia um de uma nova vida. 
Esta contratação vai ao encontro dos desejos de Paulo Fonseca, que reclamava a chegada de mais um extremo para ganhar imprevisibilidade, mas também se insere no espírito vintage do dragão, que há dois anos recuperou Lucho com sucesso e aposta agora na magia de outro emblema que também deixou muitas saudades. Quaresma volta com 30 anos, mas a questão da idade não se coloca, a generalidade dos adeptos acredita que o extremo poderá ter a varinha de condão para solucionar os problemas ofensivos no dragão.

Quaresma, o sr. rabona e sr. trivela, chegou ao futebol em 1990, com sete anos, para jogar no Domingos Sávio. Um ano depois ingressou no Sporting para se treinar sob orientação do carismático César Nascimento. Foi dando nas vistas pelo intenso virtuosismo, sendo campeão nacional de infantis em 1994/95 e, quatro anos depois, de juvenis, altura em que passou a receber 10 mil escudos (50 euros) mensais. Em 2000, com 16 anos, passou diretamente para a equipa B, não tendo chegado a atuar nos juniores do Sporting. Nesse ano sagrou-se campeão da Europa de sub-17.

Em 2001, ainda com 17 anos, integrou a tempo inteiro o plantel principal do clube de Alvalade, sob orientação de Laszlo Boloni, sagrando-se campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal e da Supertaça Cândido de Oliveira. A seguir à pobre temporada coletiva de 2002/03, Ricardo Quaresma transferiu-se para o Barcelona a troco de 6 milhões de euros. Não foi um ano feliz: apenas 21 jogos pelos catalães.

No início do verão de 2004, quando Deco saiu para o Barcelona por 15 milhões de euros, o FC Porto foi buscar Quaresma, cujo passe estava avaliado em seis milhões. A passagem pelo Dragão foi a fase mais feliz da carreira de Quaresma, com a conquista de três campeonatos nacionais, uma Taça de Portugal, uma Supertaça Cândido de Oliveira e uma Taça Intercontinental.

Em setembro de 2008, os italianos do Inter, treinados por José Mourinho, interessam-se por Quaresma e o jogador sai para Milão a troco de 18,6 milhões de euros (mais o passe de Pelé). Começou muito bem a temporada, mas ouviu também as primeiras críticas de Mourinho: «Tem grande talento, mas a alegria que vejo em Ibrahimovic, não vejo em Quaresma. Terá de aprender e jogar com mais alegria, caso contrário não jogará. Mas acho que será mais disciplinado taticamente no futuro». No final da época ser-lhe-á atribuído o prémio Bidone d’oro, para o maior flop da época.

Em fevereiro de 2009, muda-se para os ingleses do Chelsea até final da temporada. Em março, refere à imprensa londrina que estava a sentir mais confiança. Mas depressa deixa de jogar e regressa a Milão no início de 2009/10. O Inter quer vendê-lo, mas ninguém se mostra interessado em pagar o valor que os milaneses pretendem. Fica no Inter, sagra-se até campeão da Europa, mas nunca se mostra capaz de ser titular.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Compilação - Melhores Momentos de Quaresma no Besiktas

Oiço muita gente a dizer que Quaresma só jogou bem no Porto, desconhecem a qualidade que demonstrou no Besiktas. Aqui fica a compilação mais recente que fiz de quase meia hora a provar que Quaresma fez jogadas fantásticas no clube turco.

https://meocloud.pt/link/4523165d-1331-418a-b35f-7abce5c4e5ae/Besiktas.wmv/

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Ricardo Quaresma: o Mustang estará ainda afinado?

9 de maio de 2013. Foi neste dia, já há sete meses, que Ricardo Quaresma realizou o seu último jogo oficial. Foram 90 minutos contra o Al Fujairah, numa derrota por 1-0. Depois, seguiu-se o vazio.  O internacional português sofreu uma lesão grave no joelho direito. Um problema no menisco que exigiu intervenção circurgica. Veio para Portugal e, a 11 de junho, subiu para a mesa de operações. Recuperou mas não voltou a jogar pelo Al Ahli, do Dubai, clube onde chegou em janeiro deste ano. 

Nesta altura é importante, portanto, perceber o que pode esperar Paulo Fonseca.
António Gaspar, fisioterapeuta que acompanhou Quaresma no período pós-operatório, garante que apenas precisa ganhar ritmo competitivo.

«Clinicamente ficou a 100 por cento. Está sem qualquer limitação e apto para exercer de novo a profissão dele. Aliás, ele voltou a treinar, não é? Isso significa que está recuperado. Caso contrário não voltaria»,
Foram cerca de três meses o tempo que Quaresma e António Gaspar trabalharam juntos, mas o fisioterapeuta não lhe perdeu o rasto desde aí. «Estive com o Ricardo há cerca de um mês, durante um checkup normal que tínhamos combinado. Estava bem, estava a treinar normalmente no clube dele. Peso? Estava dentro dos valores que nós consideramos normais para um atleta de alta competição. Não creio que isso seja problema», defende.


A contratação de Ricardo Quaresma pelo Al-Ahli surpreendeu pelo destino exótico, num jogador que ainda nem estava na casa dos 30 anos. Depois de dois anos de relativo sucesso na Turquia (em 2011/12 fez 34 jogos e marcou sete golos), a aposta na Liga dos Emirados Árabes Unidos foi estranha.

Terá sido vista, apenas, como uma ponte para um futuro regresso à Europa, algo que Quaresma sempre desejou. O Al Ahli nunca conseguiu ter o Ricardo Quaresma que esperava ter contratado.

Os adeptos, contudo, sempre estiveram do lado do jogador. Uma tarja com a inscrição «Quaresma 7 We Love You» passeou pelos estádios da Liga local, fosse qual fosse o momento do jogador. Algo habitual, de resto, pois no F.C. Porto e no Besiktas, por exemplo, também teve sempre uma relação muito próxima com a massa adepta.

O clube tinha, contudo, uma visão diferente. Aliás, esta separação acaba por ser a junção de duas vontades. Quaresma queria sair, o clube queria ver-se livre de um jogador de elevado salário.

Galatasaray e Trabzonspor, sabe o nosso jornal, perguntaram pelo jogador no verão, mas desistiram face ao preço pedido. Com o tempo, o Al Ahli perdeu a esperança de fazer um encaixe com a venda. O contrato que ligava as duas partes até junho de 2014 foi desfeito.

«Quaresma estava super-motivado para voltar a jogar num clube de topo»

O F.C. Porto, a confirmar-se, surge com um fator importante a pesar: recuperar a motivação do avançado.

António Gaspar, aliás, não tem dúvidas: «A motivação é fundamental. Se um jogador estiver motivado consegue sempre mais. Eu sempre o vi focado e desejoso de voltar a jogar ao mais alto nível.»

«O Ricardo é alguém que gosta muito da sua profissão. Adora o que faz. Estava super-motivado para voltar a jogar num clube de topo», insiste.

Ainda assim, admite que não poderia voltar a jogar amanhã, por exemplo. «Do ponto de vista clínico, sim, sem dúvida, mas depende sempre da questão física», avisa.

«Como qualquer atleta que está há tanto tempo sem competir irá precisar de um programa específico no início, mas se ele estiver predisposto a trabalhar, como acredito que esteja, será algo simples. Não tendo limitações físicas, isso não chega a ser um problema», remata.

 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Resultados Última Sondagem

O regresso de Quaresma a Portugal foi a opção mais votada, concretiza-se assim o desejo da maior parte dos votantes(50%). Vamos lá ver se Quaresma terá sucesso neste seu regresso.

Pensava não voltar a postar neste Blog...mas não me contive.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Quaresma Regressa ao Porto

 
O internacional português é reforço do campeão nacional a partir de Janeiro, estando tudo acertado para um contrato válido por dois anos e meio. Quaresma jogou no Porto entre 2004 e 2008, tendo na altura ganho a alcunha de Harry Potter. Para que o regresso se torne oficial falta apenas que o jogador acerte a desvinculação definitiva do Al Ahly dos Emirados Árabes Unidos, o que pode acontecer nos próximos dias, embora o clube árabe ainda não tenha chegado às pretensões do atleta quanto aos números da rescisão de contrato. . Quaresma deve começar ainda este mês a treinar às ordens de Paulo Fonseca.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

They could have had it all. Instead, Ricardo Quaresma faded under Ronaldo’s shadow


As Cristiano Ronaldo readies himself for another potentially career defining moment on the global football stage, spare a thought for the man who was meant to join him in the upper echelons of football’s tapestry. Emerging from the same prestigious Sporting Lisbon academy, Ricardo Quaresma was once seen as Luis Figo’s heir apparent. Instead he finds himself on what is likely to be one of the final legs of his footballing journey in the middle east with Al Ahli.
It’s a far cry from his beginnings in Portugal’s capital. Promoted from Sporting’s B-team as a 17 year-old, much was expected of him after a stellar first season in which he lead the club to a league and cup double under the guidance of manager Laszlo Boloni. Arriving right behind him was Ronaldo. As Carlos Quieroz once admitted, choosing which dazzling winger to sign was a genuine dilemma, with one belief unanimous; both would shine. 
For a period, Quaresma did. His four years in Porto brought two Portuguese player of the year awards, and a string of highlights that vindicated the opinions formed during his days at Sporting. An expert in the ‘Trivela’ technique, he often reveled in the big stage the Champions League provided him. Yet just as there was a peak, there were also notable troughs. 
The summer that Ronaldo moved to Manchester United, Quaresma was also sold to Barcelona. While the former ascended to greatness under the tutelage of Sir Alex Ferguson, Quaresma had his inconsistent performances and poor attitude called into question by Frank Rjikaard. With his first team opportunities limited, the disagreement crescendoed when he said he would never player for Barcelona again under the tenure of Rjikaard, in what was seen as an early example of his arrogance. 
A career littered with contrasts, he enjoyed a far more fruitful relationship with Jesualdo Ferreira at Porto. “He’s a very particular player with unusual talents who is really enjoyable to watch,” Ferreira said of the man nicknamed ‘Harry Potter’.
“I’ve seen him become more of a team player but I don’t want him to lose his personality and individuality otherwise he’ll turn into an average player rather than playing like the genius he is. To sum up he’s very special.” 
More than just admiration, the experienced coach coddled his winger (arguably in the same way Ferguson did Ronaldo). Ferreira noted that Quaresma was not defensively minded. Consequently he absolved him from such duties, preferring to utilize his pace and tricks on the counter attack to devastating affect. Jose Mourinho had no desire to pamper a player he had invested over €18million in. Having forced wingers like Arjen Robben and Damien Duff to work the entire flank at Chelsea, Mourinho seemed unlikely to change tact, and he didn’t.
Seeking balance from all his players, and noting the frailties of his defensive game, Quaresma found the mentally taxing style of Serie A difficult to adapt to. Marginalized to the role of impact sub, the once joy inducing ‘Trivela’ was now being thrust upon every situation and rarely providing the desired effect. Afforded a temporary stay at Chelsea, even that was chaotic as Luiz Felipe Scolari (the organizer of his loan) was sacked.
As Ronaldo collected the Ballon D’or in 2008, Quaresma was awarded the Bidone D’oro (The Golden Trash Can), for being voted the worst new arrival in Serie A. Just like at Barcelona, his playing time was again restricted. In his second season he averaged 35 minutes a match, the potential star now no more than a closing act despite being only 27. Whether it was due to pity or frustration, Inter sold Quaresma to Besiktas in 2010, taking an €11million hit in the process. 
His time with the continent’s elite seemed finished. Thriving with the ‘Kara Kartallar’ he notched eleven goals in his first campaign. Yet like many a raging storm his was preceded by calm. Substituted during the club’s Europa League tie against Atlético Madrid, his fiery temper denoted itself once more, with youth no longer an applicable mitigation. Lambasting coach Carlos Carvalhal, even calling him worthless, the club sided with their mercurial winger and Carvalhal was dismissed. 
In return, they hoped Quaresma would agree to a lesser salary as they desperately tried to manage the club’s wage bill. When he refused, president Fikret Orman said he would not play for the club again. Serving as the tipping point, his career in Turkey took a nosedive. Accused of urinating on the club’s kit-man, and flashing a female member of staff, he vehemently denied such claims and threatened to sue. 
Rumored with a return home to Portugal, it was mutually agreed before Christmas his deal would be paid up. More diplomatic than in his younger days, he left graciously and quietly. Less than a month later and his latest club, Al Ahli, was revealed with a startling admission:  “I don’t really know anything about the club or the league,” Quaresma said, making it difficult to look past financial gain as his motivation.
After a dismal debut that culminated in a booking for insulting the referee, he scored his first goal for the club on Monday, in a stadium with far fewer patrons than Ronaldo will play in front of each week. Often perceived as a shy but jovial character, the beaming smile that littered his Porto days is no longer prominent. At 29, he is unlikely to ever return to the grandest stage, and just as his good friend Ronaldo is proof of what success players can achieve, Quaresma is a harsh reminder that football also has its failures. 





sábado, 27 de julho de 2013

Fim do Blog

Infelizmente a carreira de Quaresma parece ter chegado ao "fim", ainda não se apresentou nos treinos do Al Ahli e não consigo arranjar fontes para saber o que se passa. Desde o inicio de 2008 que actualizo o blog quase diariamente com noticias, vídeos, imagens, sobre o meu jogador preferido. Foram quase 6 anos, onde perdi muito tempo com este meu "hobbie", e escrevi 899 tópicos! Agora não tenho motivação para continuar a escrever, já ando desanimado a algum tempo, mas não queria acabar este projecto antes de Quaresma pendurar as botas... mas acho que não se justifica continuar.

O obrigado a todos aqueles que acompanharam este blog que teve em média cerca de 200 visitas diárias!
Fica o desejo de um dia conhecer pessoalmente o Ricardo Quaresma. Espero que ele tenha visitado este blog... Até Sempre



terça-feira, 11 de junho de 2013

Ricardo Quaresma Melhores Momentos pelo Al Ahli 2013

Fiz esta compilação com os melhores momentos de Ricardo Quaresma pelo Al Ahli no ano de 2013:



Quaresma foi operado ao joelho direito

O futebolista português Ricardo Quaresma foi esta terça-feira operado ao joelho direito no Hospital Ortopédico de Sant'Ana, informou a unidade da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

De acordo com um comunicado, o médio do Al Ahli foi operado pela equipa liderada pelo cirurgião António Martins e deverá ter alta hospitalar 24 horas após a operação, realizando de seguida "tratamentos de fisioterapia para uma melhor recuperação".

domingo, 9 de junho de 2013

Quaresma está perto do Galatasaray

Segundo o site zerozero Quaresma está perto do Galatasaray.

«O zerozero.pt sabe que Ricardo Quaresma pode estar de regresso à Turquia, ele que tem sido uma desilusão para os responsáveis do Al-Ahli, clube dos Emirados Árabes Unidos.

Ricardo Quaresma foi para o clube árabe no início desta época, mas o seu rendimento tem sido abaixo do esperado. O jogador tem sido criticado pela imprensa local pelas suas fracas exibições e, para além disso, tem também pautado a sua conduta fora dos relvados com alguns comportamentos que não têm caído bem nos dirigentes do Al-Ahli.

Como tal, e após um ano onde conquistou uma President's Cup, o jogador prepara-se para mudar de ares, sendo que esses novos ares até podem não ser totalmente desconhecidos.

Segundo informações recolhidas pelo zerozero.pt, o jogador está em negociações para voltar à Turquia para atuar nos campeões Galatasaray. A equipa onde estão Didier Drogba e Wesley Sneijder tem dinheiro para investir e Ricardo Quaresma é muito bem visto no país turco, pelas duas épocas que fez no Besiktas.

Para ajudar, Quaresma, que assinou por 18 meses com os árabes, com mais 12 de opção, também vê com bons olhos o ingresso nos campeões turcos, já que tem a possibilidade de voltar a atuar na Liga dos Campeões. o extremo conhece bem a Turquia, onde já foi adorado pelos adeptos do Besiktas, clube de onde saiu depois de ter liderado uma revolução do plantel por causa dos salários em atraso.

Acabou por sair em litígio com o clube e rumou aos Emirados Árabes Unidos para ser treinado por Quique Flores, clube que vai também receber Hugo Viana para a próxima época.

Agora, a proposta nem terá que ser muito elevada para que o Al-Ahly possa abrir mão do jogador, ele que foi considerado, na sua apresentação, «a maior transferência do ano» pelo clube que o acolheu, mas o impacto atingido foi mínimo. O valor pedido inicialmente foi de três milhões de euros, mas os dois clubes têm chegado a valores próximos, com cedências de parte a parte. Além disso, o Galatasaray tem recebido garantias do jogador que irá moderar a sua conduta.

Quaresma tem 29 anos (faz 30 em setembro) e vai regressar ao futebol europeu, onde já foi campeão em Portugal e em Itália, tendo também uma Liga dos Campeões ao serviço do Inter e uma Taça Intercontinental pelo FC Porto.»

terça-feira, 4 de junho de 2013

Sondagens Blog

O resultado da última sondagem foi clara, 80% dos participantes não concordaram com a transferência de Quaresma para o Al Ahli. Na nova sondagem pergunto se Quaresma deve sair neste mercado de transferências de Verão, fala-se que alguns clubes estão interessados como é o caso do Galatasaray.



sábado, 1 de junho de 2013

Galatasaray quer Quaresma

Ricardo Quaresma pode estar de regresso à Turquia, não para jogar no Besiktas, clube pelo qual alinhou nas épocas 2010/2011 e 2011/2012, mas no rival Galatasaray.
Segundo o jornal turco Fanatik, o treinador do Galatasaray, Fatih Terim, quer Quaresma, que seria a principal alternativa a Arda Turan, jogador do Atlético de Madrid, que já não se deve mudar para a Turquia.
Segundo o Fanatik, o Galatasaray considera que Quaresma seria muito útil ao clube. A única preocupação do Gala será a personalidade por vezes conturbada do internacional português.
Quaresma joga atualmente no Al Ahli, nos Emirados Árabes Unidos, onde é treinado por Quique Flores. 

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Al Ahli de Quaresma vence Taça do presidente

O Al Ahli, formação orientada pelo espanhol Quique Flores, conquistou ontem a Taça do Presidente, ao bater na final o Al Shabab (4-3). Os golos da equipa onde foram apontados por Husain, Grafite, Jiménez e Al Hammadi. Quaresma não jogou.

Comentário alargado ao jogo em Inglês:

Al Ahli lift President's Cup after classic battle with Al Shabab

Al Shabab striker Edgar finished his first appearance in a President’s Cup final with an unwanted hat-trick as his late own goal confirmed a thrilling 4-3 win for 10-man Al Ahli.
The Brazilian had earlier scored a brace either side of half-time to haul his side onto level terms after Ahli had raced into a 2-0 lead in the first 15 minutes as Adnan Hussein Al Beloshi and Grafite scored.
Shabab keeper Salem Abdulla then saved a penalty from the Pro League’s International Player of the Year but less than two minutes later was wrong-footed by a Luis Jimenez free-kick from wide on the left.
A penalty from Ciel tied the scores again at 3-3 with less than 10 minutes to go but Edgar would apply the decisive touch at the wrong end in the 85th minute as Ismail Al Hamad’s driven centre rebounded off him and into an empty net.
The Red Knights were reduced to 10 men before the end though as talisman Grafite was shown a second yellow card for a crude foul on Hassan Ibrahim.
The result means Ahli have drawn level with Sharjah as the tournament’s most successful club with eight titles. Defeat was tough on Shabab though who had shown resilience and heart to fight back twice in the game.
Ricardo Quaresma may have made headlines when he arrived in Dubai at the start of the year but he has not exactly dominated column inches since and was a notable absentee from Ahli's squad ahead of kick-off. Instead his place went to Al Beloshi who has proved a much more sound investment since he too arrived in January, from Pro League rivals Bani Yas.
And it was the UAE winger who gave the Red Knights the lead at the Mohammed bin Zayed Stadium with a little over five minutes gone. Walid Abbas failed to control a flick-on from Grafite on the edge of the box, allowing the ball to run through to Al Beloshi who showed great composure to beat Salem Abdulla in the Shabab goal.
Abbas was forced to make an excellent covering tackle to deny Grafite minutes later but Ahli had started in dominant mood and the Brazilian would double his side’s lead on the quarter-hour. This time Amir Mubarak Ghanim was allowed to weave across the box before sliding a lovely ball into the area that Grafite need only flick with the outside of his right boot to wrong-foot Abdulla.
Abbas was hauled off by coach Marcos Paqueta shortly afterwards but that wasn’t initially enough to turn the tide as Grafite spurned a couple of presentable opportunities to make it 3-0.
The third goal did arrive 13 minutes before the break but it went to the Hawks. Azizbek Haydarov had seen his drive turned behind by Majed Hassan’s block, but from the resulting corner Edgar beat Yousif Mohamed to power a header home.
The atmosphere inside the ground changed instantly as Shabab’s fans at the other end suddenly found their voice. And spurred on it was their team who finished the half stronger, with the goal-scorer and Esam Dhahi failing to test Majed Naser when well placed.
Indeed Shabab were incensed as referee Fahad Al Qasar blew his whistle for half-time as moments earlier he had brought a promising attack to a halt with a second ball on the pitch.
An extended half-time break might have been expected to stall Shabab’s progress but instead they drew level within four minutes of the restart. Ciel’s quick free-kick caught Ahli right-back Abdulaziz Haikal fast asleep and allowed Luiz Henrique the time and space to draw Naser out of his goal and lay on a second goal for compatriot Edgar.
The banner unfurled at kick-off by Red Knights fans predicting an eighth President’s Cup win was beginning to look a little foolhardy. Yet following a breathless eight minutes they were back in front.
In that time Hawks keeper Abdulla was both hero and villain for his side. Having initially made up for giving away a penalty for crashing into Al Beloshi by saving Grafite’s penalty, moments later he misjudged the flight of Jimenez’s floated free-kick, allowing it to drift over his head and into the far top corner.
Remarkably a roller-coaster of a match took another turn as Abdulaziz Haikal’s reckless challenge on Luiz Henrique gave Ciel the chance to equalise from the spot. He took it gleefully.
But within four minutes Ahli had established a third and final lead. Al Hamadi did brilliantly to hammer the ball across goal and Edgar had no time to react or get out of the way.
Grafite was rightly ordered off the field before the end but despite a late scare which saw Saood Surour head off the line, the Red Knights held on in a game that will live long in the memories of those who were here to see it.

TALKING POINTS

Dubai classic
The two Dubai-based clubs served up an enthralling game in the capital, which was easily one of the greatest President’s Cup final of recent times. Ahli came out of the blocks quickly and were well worth their 2-0 lead but as has been the case so many times this season Shabab refused to lie down. The own goal was a cruel way for Edgar to sign off from an impressive first season in the UAE.

Grafite sees red
The challenge that felled Ibrahim late on, while perhaps not malicious, was bade enough to earn a red all on its own. His first booking had come for a deliberate handball so while he may protested the Brazilian can really have no complaints.

Slack defending
What MOTD’s Alan Hansen would have made of this final is anyone’s guess. Both sides attacked with verve but defended with nerves. Each looked susceptible to diagonal balls all evening and at least six of the seven goals came from mistakes at the back.

MAN OF THE MATCH – Luis Jimenez (Ahli)
Going forward the Red Knights had a number of key performers, not least Al Beloshi and Al Hamadi yet it was the Chilean who supplied the final’s most composed performance. Having given his side a lead at 3-2 he was back in his own box to head away Shabab pressure.



domingo, 26 de maio de 2013

A Ahli perde último jogo do campeonato

O Al Ahli, equipa onde atua Ricardo Quaresma e em breve reforçada com Hugo Viana, perdeu este sábado com o Al Dhafra por 2x1 e viu o rival Al Ain aumentar a vantagem no topo da tabela.
Com esta derrota, na qual não participou Quaresma, a formação orientada por Quique Flores mantém os 51 pontos no segundo lugar do campeonato dos Emirados Árabes Unidos, enquanto o Al Ain lidera com 62 pontos, fruto também da vitória de hoje sobre o Al-Nasr (2x1).

Classificação Final do campeonato do EAU:

O Al Ahli ficou em 2º lugar a 11 pontos do Al Ain.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Al Ahli 3 -0 Ajman 0

O Al Ahli bateu o Ajman por 3-0, jogo a contar para a penúltima jornada da Liga dos EAU, Quaresma não efectuou qualquer minuto.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Compilações em Alta Definição

Ricardo Quaresma vs Al Ain 

 Ricardo Quaresma vs Al Wasl

 

terça-feira, 14 de maio de 2013

Últimas Fotos de Quaresma

 Contra o Al Fujairah:
Treinos:

domingo, 12 de maio de 2013

Al Ahli perde 1-0 com Al Fujairah - Quaresma Titular



O Al Ahli, equipa onde alinha o português Ricardo Quaresma, perdeu com Al Fujairah (1x0), em partida da 24.ª jornada da Etisalat Pro League 2012/2013.  O único golo da partida foi apontado pelo brasileiro Alex, aos 18 minutos, e valeu os três pontos para a equipa da casa.  Quaresma foi titular, tendo jogado os 90 minutos.  Com este resultado, o Al Ahli somou a sua quarta derrota na competição e continua com os mesmos 48 pontos no segundo lugar da tabela classificativa.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

sábado, 27 de abril de 2013

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Quaresma marca na vitória do Al Ahli (2x3)

O Al Ahli venceu o Al Nasr por 2x3, em partida a contar para a 23ª jornada da Liga dos Emirados Árabes Unidos, na qual Ricardo Quaresma foi um dos marcadores de serviço.
O internacional português jogou de início na formação orientada por Quique Flores e marcou no período de compensação da primeira parte, colocando o resultado na altura empatado a uma bola, depois de Giusepe Mascara ter colocado o Al Nasr na frente do marcador.
Na segunda parte, Mascara bisou e voltou a colocar o Al Nasr em vantagem, mas Ismaeel Al Hamadi e Luis Jiménez operaram a reviravolta e ofereceram os três pontos ao Al Ahli.


segunda-feira, 22 de abril de 2013

domingo, 21 de abril de 2013

Al Ahli 2-0 Al Wahda

O Al Ahli venceu o Al Wahda por 2-0, jogo a contar para 22ª jornada do campeonato. Quaresma foi suplente utilizado, entrando na segunda parte por volta dos 65 minutos. O Al Ahli consolida a segunda posição aumentando para 4 pontos a vantagem sobre o 3º classificado, mas continua a 10 pontos do primeiro.

sábado, 20 de abril de 2013

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Quaresma Muda de Visual

Como podem ter visto pelo post de ontem Quaresma apareceu com um novo visual,  com o cabelo pintado!


Gostam da sua nova cor de cabelo?

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Al Ahli vence Baniyas por 4-1 - Quaresma Suplente Utilizado



Com Ricardo Quaresma como suplente utilizado, o Al Ahli foi ao reduto do Baniyas vencer por 4x1, em partida a contar para a 21ª jornada do campeonato.
Ao intervalo, a equipa orientada por Quique Flores, ex-treinador do Benfica, já vencia por 0x2, com golos de Ismaeel Al Hammadi e Grafite, aos 22 e 45 minutos, respetivamente.
Na segunda parte, Ricardo Quaresma entrou aos 74 minutos e nessa altura o resultado já era de 0x4, pois o Al Ahli ampliou a vantagem por intermédio de Adnan Hussain e Majed Hassan.
Até ao final, o melhor que o Baniyas conseguiu foi reduzir a diferença para 1x4, com Nawaf Mubarak, aos 78 minutos, a ser o responsável pelo tento de hora dos da casa.
Com este resultado, o Al Ahli subiu ao segundo lugar, por troca com o adversário desta tarde, e soma 43 pontos, menos dez do que o Al Ain, campeão em título e líder da classificação.

domingo, 7 de abril de 2013

sábado, 6 de abril de 2013

Al Ahli e Al Ain empatam a 0


Etisalat Pro League leaders Al Ain held second-placed Al Ahli to a 0-0 draw at the Rashid Stadium in Dubai on Saturday evening. The rescheduled Round 14 match result now gives Al Ain a points total of 50, whilst Al Ahli are ten behind on 40. The result of this fixture, however, has been suspended until confirmation of a decision from the Disciplinary Committee following an incident late in the game involving one of the match officials.

Al Ahli came streaming forward in the early stages, racking up seven attacks in the opening 20 minutes, whilst Al Ain failed to muster anything during the same period. In the 9th minute Ismael Al Hammadi saw his on-target effort from the right-hand side crucially cleared off the line by Al Ain’s defensive midfielder Matei Mirel Radoi. Ahmad Khalil – operating more on the flanks than as an out-and-out striker as Al Ahli coach Quique Flores accommodated all his main attacking options into the starting lineup – hit a teasing cross into the area in the 18th minute, but it was somehow missed by both the head of Grafite and the gloves of Al Ain goalkeeper Mahmood Al Mas as it flew through the area. Five minutes later Portuguese international Ricardo Quaresma forced a fine save from Al Mas as he hit a beautiful shot with the outside of his right boot.

The importance of the contest to both sets of players was clear to see, as nobody was shy in the tackle and every ball was fiercely contested. Al Ahli’s offensive-minded lineup was pinning Al Ain firmly back in their own half but the home side lacked the cutting edge required in the final third, and the longer they went without scoring the more confidence Al Ain gained that they could snatch a goal on the counter attack. In the 32nd minute Mohammed Abdulrahman showed that Omar is not the only brother with a repertoire of dazzling skills in his locker by demonstrating some fancy footwork down the left, but unfortunately for Al Ain he strayed into an offside position when receiving a give-and-go from Kembo-Ekoko. Four minutes later Al Ahli’s Grafite was tripped just on the edge of the area, giving them a set piece in a very dangerous position, but Mohammad Khalil’s free kick did not make it past the wall and Al Ain immediately broke forward in a rapid counter attack. Mohamed Ahmed strode down the right wing and picked out Yousef Ahmed, but the youngster put his shot straight at Al Ahli goalkeeper Majed Naser and Jires Kembo-Ekoko’s follow-up rose just over the crossbar in what was Al Ain’s best chance of the first half. Al Ahli continued to threaten through Jiminez, Ahmed Khalil, Quaresma, Grafite and the industrious Ismael Al Hammadi, but could not find a way through and somehow ended the first half on level terms at 0-0.

Al Ain started the second half more brightly as they tried to assert themselves on the contest, winning a free kick in a dangerous position just four minutes after the restart but Ismael Al Hammadi took the full force of Kembo-Ekoko’s free kick in his face as he did his job in the wall. One minute later Yousef Ahmed brilliantly controlled a pass from Helal Saeed before turning to shoot on his left side, but the effort rose just over the crossbar. In the 52nd minute Yousef Ahmed again skipped forward but his final ball was neither a shot on target nor a cross, and soon the managers were bringing on reinforcements to try and find the difference in the game. Coach Cosmin of Al Ain made the first change, bringing Omar Abdulrahman off the bench in place of Fawzi Fayez in the 54th minute, before Quique Flores replaced Ahmed Khalil with Majed Hassan three minutes later. Al Ain also introduced Australian striker Alex Brosque coming on for Yousef Ahmed just after the hour mark. Al Ahli enjoyed far fewer attacks than they had done in the first half, but a long-range effort from Amir Mubarak Ghanim went close in the 63rd minute. With nothing to separate the sides, managers threw on their final substitutions in the closing ten minutes with Ricardo Quaresma being withdraw in the 81st minute for Adnan Al Beloshi, and Mohammed Abdulrahman replaced by Ali Al Wehaibi for the visitors. Four minutes from time Omar Abdulrahman tried his luck from a very distant free kick, but his effort was always rising and did not trouble Majed Naser in the Al Ahli goal. Ismael Al Hammadi kept fighting right until the death with Adnan Al Beloshi doing his best to make an impact in the penalty area, but Al Ahli could not convert their possession advantage into that all-important goal and had to settle for a point.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Amanhã o Al Ahli defronta o Al Ain

Sábado, dia 06 de Abril, às 14:50 o Al Ahli defronta o Al Ain, actual primeiro classificado da liga dos EAU, jogo a contar para a 14ª jornada(jornada que na altura foi adiada não sei porque motivos).

domingo, 31 de março de 2013

sábado, 30 de março de 2013

Quaresma suplente utilizado na vitória do Al Ahli sbre o Al-Shaab


Terceira vitória consecutiva para o Al Ahli, equipa do campeonato dos Emirados Árabes Unidos onde alinha o português Ricardo Quaresma. Desta vez, a equipa do Mustang derrotou o Al-Shaab (2x0), em partida da 20.ª jornada da Etisalat Pro League 2012/2013.  Esta vitória coloca o Al Ahli com 39 pontos no segundo lugar, menos nove que o líder da tabela... o Al Ain.  Ricardo Quaresma começou no banco mas acabou por entrar, aos 58', para o lugar de Majed Hassan

sexta-feira, 29 de março de 2013

Quaresma recuperado

Quaresma está recuperado da lesão e deve alinhar amanhã frente ao Al Shaab. O jogo realiza-se sábado dia 30 às 16:30 (hora portuguesa).



quarta-feira, 27 de março de 2013

domingo, 17 de março de 2013

Quaresma lesiona-se no Joelho Direito

Ricardo Quaresma está lesionado. O internacional português sofreu uma lesão no joelho direito e estará fora da competição durante 10 dias. Quaresma falha o jogo de hoje para a taça dos EAU contra o Dibba. Espera-se que esteja totalmente recuperado quando o Al Ahli defrontar o Al Shaab, jogo a contar para a vigésima jornada da liga EAU.

terça-feira, 12 de março de 2013